Como Lidar Com A Violência E Usá-la A Seu Favor

Tempo de leitura: 11 minutos

Você pode ser a pessoa “melhor do mundo”… mas não adianta: se você não tiver equilíbrio e autocontrole para lidar com a violência, não vai adiantar ser apenas bem-intencionado.

Não é só isso.

Neste Artigo eu gostaria de falar com você sobre enxergar uma situação ruim e de violência, como algo que é simplesmente humano.

E como você pode transformar os acontecimentos em aprendizado para a sua vida… seu desenvolvimento como gente, pessoa.

Talvez, você enfrente certas situações de extrema violência, como um assalto, um tiroteio… em que você não teve escolha.

E só quem já passou algo assim, sabe o que sentiu “na pele”.

Mas você pode tirar aprendizado de algo dessa natureza.

Pode escolher não trilhar o caminho do ódio, da ira e seguir um caminho contrário – do AMOR.

Sei que é dificílimo o que estou te falando…

Mas só sentindo AMOR  você vai conseguir se libertar do ódio e do desejo de vingança.

É certo Que O Outro Faz Com Que Nos Vejamos Melhor

As experiências ruins que o outro pode trazer, te leva a alguns questionamentos importantes:

São questionamentos indispensáveis para o seu benefício e o benefício de outras vidas.

– Como eu posso contribuir para que o meio, onde eu vivo, seja melhor?

– Como eu vou encontrar um caminho melhor para minha vida?

– Como eu vou desenvolver uma sabedoria mais clara da minha existência?

– Como eu vou posso criar menos dificuldades e problemas para o outro?

“Eu observo a mim mesmo e percebo o quanto é importante dar o melhor de mim”.

formas-de-violencia-olho-que-observa

Em todos os momentos fazemos escolhas e não ENXERGAMOS o impacto que estas escolhas podem ter na nossa vida e na vida da outra pessoa – do seu filho por exemplo.

Lembre-se disso: você é a responsável pelas escolhas que está fazendo neste exato momento.

Como você já sabe, para cada ação tem uma reação – seu preço e seu prazer.

Saber diferenciar os dois lados é o que vai tornar você realista e consciente dos seus atos.

Infelizmente, Sempre A Violência Está Acontecendo…

Contra a mulher, contra moradores de rua, no trânsito, contra quem tem orientação sexual diferente, contra crianças e adolescentes, contra o Idoso.

Violência pequena, aquela que você nem dá importância e violência grande, aquela que choca.

A violência no Brasil mata mais do que a guerra da Síria.

De acordo com a Revista Exame.com (publicação de outubro de 2016), entre 2011 e 2015, a violência no Brasil matou mais pessoas que a Guerra da Síria – segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Entre janeiro de 2011 e dezembro de 2015, o Brasil teve um total de 278.839 assassinatos, o que, de grosso modo, leva a uma média mensal de 4.647,3 vítimas.

Os dados incluem as ocorrências de homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte), lesão corporal seguida de morte e morte decorrente de ações policiais.

Já na Síria, entre 03/2011 e 11/2015, a guerra causou 256.124 mortes, segundo a estimativa da Organização das Nações Unidas para os Refugiados. A média para esse período é de 4.493,4 mortes por mês.

É… quem sabe o Brasil esteja mais violento do que você imagina? Pelo menos é o que os números estão mostrando.

São dados tristes, você não acha?

Dá até medo…

Talvez para o homem, a guerra se torna necessária porque caso contrário, a vida seria simplesmente tediosa e sem graça.

Parece que de tempos em tempos, violências e guerras precisam existir.

Até parece ser conveniente para o ser humano praticar violência, praticar guerra – ele se sente poderoso, esperto e inteligente.

O ser humano se sente mais vivo em guerra.

Triste!

Mas Quem É Você?!

violencia infantil

Você já pensou como nascemos cheios de possibilidades e mistérios?

Quando nasce, você não sabe quem você é – ninguém sabe.

A beleza está aí…

Em descobrir quem somos, durante a jornada chamada VIDA.

Aquilo tudo que será sua vida nunca estará disponível pra você logo no início.

Lá no começo da sua jornada, você é tão feliz com quem você já é, que não tem buscas a serem feitas.

Tudo que você precisa já está ali, com você.

Mas a sociedade, vai te distrair de você mesma.

Vai querer de colocar padrões pré-estabelecidos, vai querer forçá-los a você.

Isso, por si só, já é uma forma de violência!

Você esquece quem você é…

Você já se fez a pergunta:

  • Quem eu sou?

Você só vai saber quem é seu verdadeiro Ser, quando estiver realmente cara a cara consigo mesma.

O ser humano está sempre em desenvolvimento.

Você não é um boneco.

E viver como um Ser Divino – que é sua verdadeira essência – é muito mais fácil do que satisfazer o seu desejo de poder.

Infelizmente, o ser humano pode ser ganancioso demais para aceitar esta simples verdade.

E por ter tanta ganância, às vezes ele – sente ira, cria violência e cria a guerra.

No Conflito, O Ser Humano Fica Sem Consciência Alguma

Na hora do vale tudo…

Na hora da guerra ele mata, rouba, se droga, se torna alcoólatra, estupra.

Enfim, faz aquilo que é liberado fazer, numa guerra.

Muito triste…

O ego não permite que você viva uma vida pura, ou seja,  uma vida só de AMOR.

E é por causa do ego que você até se sinta bem quando está em sofrimento, quando está em conflito.

Olha só!

Você já viu como tem pessoas que vibram ao contar as suas situações difíceis?

Agora…

Se você está profundamente conectada com o amor, nunca haverá espaço para o conflito, para a violência.

Porque o amor é um sentimento tão grande e puro que te faz compreender como a vida se traduz  em uma integração com o outro , o resto são coisas pequenas.

Cada pequena ação sua é significativa, seja boa ou não… ou até mesmo um insucesso. Não inferiorize nada.

violencia-social

“Um sorriso isoladamente pode não parecer muito importante mas um sorriso isolado é parte de um longo processo” – Osho

Cada Ação Ruim ou Boa É Importante!

Vai ser decisivo pra você, o modo como você vai transformar cada ação por meio da sua consciência, da sua observação, da sua percepção clara.

Então cada ação sua, se tornará surpreendente!

Mas é uma pena que o seu ego nunca está interessado em algo simples.

A decisão será sua – de mudar isso.

A escolha será sempre sua.

Então não coloque esta responsabilidade no outro.

É você a única responsável de se tornar quem você é.

Vai a pergunta: Quem você decide SER, a partir deste momento?

Eu acho que, na vida, você sempre encontrará um meio de praticar a paciência, o AMOR.

E a partir daí criar uma leveza e uma paz interior – não agir com violência e raiva em relação à algo que não concorde.

Se estar no inferno ou no céu é uma decisão sua, então anular a violência que é sua, também é.

Você pode inverter a forma de estar no mundo e começar a ser GRATA, mesmo quando alguém cria problemas pra você, quando você tem obstáculos.

E sabe por que?

É através dos problemas e das trocas de experiências entre as pessoas, que você evolui e cresce.

Porque o que faz você crescer é a forma de como você encara e lida com os seus obstáculos, vencendo-os ou não.

E é através da sua conduta, que você ganhará um entendimento claro dos conflitos.

E eu te aviso:

Você não foge dos resultados.

Você não foge daquilo que você já plantou ao longo da sua jornada e ainda está plantando.

Felizmente ou infelizmente, você não escapa de si mesma.

Todas as escolhas que você fez nesta vida é você.

E o que você está escolhendo agora, será você amanhã.

Ao longo da sua jornada, você pode ter criado momentos tristes, violentos e outros momentos que podem te causar um profundo arrependimento.

Mas você pode escolher transformar tudo isso, transformando quem você é.

Porque você não é uma vítima das escolhas que você fez.

E tem mais…

O não agir também é uma escolha.

Sendo omissa, você estará escolhendo do mesmo jeito.

A Violência Cessa Com O Amor

A verdade é que quando estamos em amor, nada nos machuca.

Você se torna muito maior do que as experiências que está passando neste momento.

Aí que está a pureza do AMOR.

Ele te liga ao TODO.

Te faz entender que nada existe separado.

É nítido que você não está separada, nem sendo “mocinha” e nem sendo “bandida”.

De uma forma ou de outra, você está em comunhão com a vida.

Você está em comunhão com Deus!

Mas ao contrário do AMOR… a violência, a dor, o conflito, o sofrimento, não tem nenhuma profundidade.

Não tem nenhuma ligação com você – não é parte de você.

Você escolhe , ou não,  se quer fazer parte disso.

A vida é a sua decisão, sua liberdade

– Osho

E você sempre será livre para decidir se sentirá ofendido… ou não.

Mas o seu ego não quer assumir a responsabilidade – não quer decidir.

Você pode estar jogando nas costas do outro, uma responsabilidade, que de fato, é sua.

E ao desistir da sua responsabilidade, você desiste também, da sua liberdade.

Assustou?

Pois é verdade!

E Como A Meditação Pode Ajudar?

No meio disso tudo, você pode achar difícil ficar em paz.

Mas eu te digo que além de paz você precisa se preocupar em ter equilíbrio e autocontrole.

Além do mais, você pode ser a pessoa que precisa aprender a controlar os seus instintos.

Vai saber…

Para as duas situações eu vou te dizer:

Não faça mal a ninguém, mas quando necessário, defenda-se SEM violência.


Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
E acreditam nas flores vencendo o canhão

“Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores” – música de Geraldo Vandré. Penso que você já ouviu esta música.

Como agir com equilíbrio e sabedoria?

Praticando a MEDITAÇÃO.

Mas tenha disciplina!

A meditação te leva de volta para a sua origem – você renasce.

Ela te leva para quem você era antes da sociedade lhe impor padrões e crenças.

Com a prática constante, depois de um tempo, você vai olhar a vida através do olhar de uma criança – aquela que existe em você mas que o mundo reprimiu.

E você estará sempre aprendendo e se encantado com tudo.

Cada dia será uma Surpresa!

Porque você não vai viver como se você já soubesse tudo, como se já tivesse explorado tudo.

Aceite.

Nós não sabemos e nem conhecemos nada.

Nem mesmo sobre nós…

Apenas olhe para o mundo, observe e aprenda com ele… permita que ele te ensine o que precisa saber.

Fuja do seu passado e do seu futuro – eles não pertencem a você. Apenas aceite o que tem lá.

More no presente.

No presente você pode ser uma pessoa melhor, você pode transformar outras vidas.

Eu sei…

Os anos passaram e você pode ter perdido a intimidade com a sua própria vida.

Mas  a Meditação vai te levar de volta pra você.

Vai te fazer, de novo, inocente… e a inocência funciona como uma ponte entre você e o mundo. Você e Deus!

É isso.

Espero, de coração, que eu tenha contribuído para que você reflita um pouco mais sobre a violência.

E que você pense nas formas de se comportar diante dela.

Deixe seu comentário abaixo.

Você Ainda Não Entendeu o Que é Ser Uma Mulher Poderosa e eu vou te ensinar!

Abraços
Mislene Pires

Você Gostou? Por Favor Compartilhe!